PAGU

A vida e obra de Patrícia Rehder Galvão, mais conhecida como "Pagu", serviu como inspiração para o novo trabalho conduzido pela jornalista, atriz e gestora cultural Ana Gusmão. Produzido com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, o projeto envolveu o desenvolvimento de uma vasta pesquisa, além da criação e produção de textos sobre a Pagu. Alguns pensadores foram convidados para desenvolver análises acerca de temas ainda pouco explorados no campo científico, nas biografias lançadas e pesquisas disponibilizadas na internet. São ao todo 4 temas e cada articulador foi convidado a produzir um texto estabelecendo uma temática a partir de suas vivências e áreas de atuação, conforme relação a seguir: 


•  Pagu na história política do Brasil. Autor: Carlos Alberto de Freitas, professor de história.
•  Pagu e a psicanálise. Autora: Juliana Motta, gerente tecno-assistencial do Instituto Raul Soares, psicanalista e enfermeira.
•  Pagu e o teatro. Autor: Luiz Paixão,  dramaturgo, professor e diretor teatral.
•  Pagu e a história da arte. Autor: Luiz Flávio, Professor de História da Arte.

pagu.jpg

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, apresentam

CURTA

tanto me foi negado, por justa causa, eu diria

palestras

TEATRO, VANGUARDA E AGITAÇÃO CULTURAL
Luiz Paixão

PAGU E AS ARTES VISUAIS
Luiz Flavio Silva

PAGU, UMA ABORDAGEM POLÍTICA.
Carlos Alberto de Freitas

DEVASTAÇÃO E MATERNIDADE EM PAGU
Juliana Meirelles Motta

Ativo 1.png
Logos LMIC.png

Projeto: 1260/2018